You are
a
free person
and I am
gladly
 because,
 in your freedom,
 you choose me
 to be
 your
 friend.
 
Existe uma outra frase,
na mesma linha,
cujo autor não lembro,
que diz
mais ou menos assim:
 
"As coisas que amo,
deixo-as livres,
para que,
se algum dia
retornarem para mim,
é porque me pertencem, e,
se não voltarem mais,
é porque,
realmente,  
nunca as possuí".
 
OK, I’m still learning this,
and can  say to you that this,
like every important lesson,
isn’t a easy thing.