Sem comentários: assista primeiro e depois me diga se a professora do vídeo não tem razão: