bbb

Quando abordamos o assunto “Redes Sociais na educação”, normalmente nós, professores, nos reunimos e criamos uma proposta com início, meio e fim. Só que muitas vezes não temos a mesma percepção do aluno, não nos colocamos no lugar dele para ouvir o que ele tem a dizer, quais são seus desejos e até mesmo recolher opiniões sobre de que forma ele aprende melhor. Ou seja, queremos uma nova escola mas nos comportamos exatamente como nossos professores, decidindo tudo em uma via de mão única.

Veja a seguir a declaração de um aluno de 8º ano, bastante proveitosa e instrutiva para nós, professores:


Para mim, as redes sociais são um refugio da escola porque é lá que eu me desligo do mundo. Eu tenho inscrições em vários canais do youtube e direto os donos desses canais postam vídeos ao-vivo sobre jogos, tutoriais e etc…Seria uma boa ideia o professor criar um canal no youtube e começar a postar aulas, onde os alunos perguntariam coisas da matéria através  dos comentários . Acho que isso já existe mas seria legal fazerem isso com mais frequência…

Outra coisa  legal seria os professores mandarem mensagens ou notificações sobre lições e aulas através do facebook ,twitter, msn e outras redes. Agora, com relação  as provas é mais complicado… Não daria para fazer virtualmente porque os alunos poderiam olhar no google, wikipédia.. Acho que ninguém é burro de desconectar a internet na hora da prova, e é por isso que eu acho que as provas teriam que ser marcadas para um certo dia, certa hora e um certo local.

Trabalhos em grupo poderiam ser executados através de aplicativos do facebook que os professores criariam , não sei como,  mas criariam. As lições de casa seriam passadas através de links, assim como o conteúdo  de provas no final das vídeos-aulas  como eu disse antes.

A média final de notas seriam divulgadas em sites criados por coordenadores da escola virtual na qual cada aluno teria sua conta e sua senha. As aulas dariam certo , mais a única coisa que não daria era os alunos namorarem com as alunas, mas isso não importa.

Mas, como teríamos complementos de certas aulas, como história? O professor enviaria um link de um vídeo que retratasse o assunto. Exemplo: Estamos aprendendo sobre um certo fato histórico, a professora enviaria um vídeo que reforçasse a explicação dela, clareando a mente do aluno e o fazendo entender melhor sobre o assunto. Creio que para mim daria bem certo.

Mas e outras aulas como inglês? O professor criaria um arquivo no word explicando como conjugar certos verbos em inglês e regras de ortografia e enviaria através do Hotmail para todos  os alunos. Português seria praticamente a mesma coisa…

Mas e ciências ?? Essa é fácil, o professor faz vídeo-aulas com um desenho atrás  dele do que estamos aprendendo, órgãos animais , células etc. Então ele explica apontando partes do desenho que estão  na explicação. Tanto é que o meu professor de ciências faz isso…….

Fonte: http://peoplenetineducation.blogspot.com.br/2014/10/o-que-pensa-um-aluno-do-8-ano-do-ensino.html